WhatsApp

FALE CONOSCO
PELO WHATSAPP

FIQUE POR DENTRO

FIQUE POR DENTRO
Descubra como fazer uma análise da concorrência

DESCUBRA COMO FAZER UMA ANÁLISE DA CONCORRÊNCIA

Você costuma fazer a análise da concorrência? Já parou para pensar na importância de adotar essa estratégia em seu negócio? É importante fazer isso caso o seu desejo seja garantir que a sua empresa mantenha a competitividade e alcance melhores oportunidades no mercado.  

No entanto, muitos gestores ainda têm dúvidas sobre o que é e como fazer esse tipo de avaliação. Pensando nisso, elaboramos este artigo, para esclarecer a importância e os passos necessários para fazer uma análise bem-sucedida. 

Bom proveito!

O que significa análise da concorrência?

A análise da concorrência significa fazer uma investigação para descobrir quem são os principais concorrentes da sua empresa dentro do mercado e verificar dados que contribuam para insights de como melhorar o posicionamento do seu negócio

Sendo assim, existem diversos aspectos que podem ser analisados, entre esses, é válido destacar: 

  • Precificação: na hora de decidir o quanto vai cobrar por um item é importante levar em consideração o preço que outros estão praticando a fim de estabelecer um valor razoável; 
  • Presença digital: é válido prestar atenção em quais canais digitais os concorrentes estão presentes e como é a interação do público;
  • Desenvolvimento de produtos: avaliar a concorrência é útil ao desenvolver um novo produto, já que existe a chance de criar algo que possa suprir uma necessidade do mercado que ainda não é muito explorada;

Porém, certos empreendedores acreditam que basta fazer um serviço de qualidade para atrair os seus próprios clientes. Mas será que isso é o suficiente? Qual é o papel da análise da concorrência? Confira!

Qual o papel da análise da concorrência?

É verdade que a qualidade é um fator fundamental para garantir a fidelização da clientela. Porém, para atrair novos consumidores e reter os antigos é importante ficar atento às ações que os seus principais concorrentes estão tendo. 

Só para exemplificar, imagine a questão da precificação, é claro que um serviço bem-feito exige a cobrança de um valor maior, já que o investimento tanto financeiro como de tempo será mais alto. Porém, se o preço estiver muito afastado das práticas do mercado, é provável que muitos clientes migrem para a concorrência. 

Outro fator é que essa investigação permite o acompanhamento das principais tendências do seu segmento. Dessa forma, o empreendimento pode se manter atualizado sobre os novos direcionamentos. Caso contrário, existe a chance de ficar ultrapassado tanto em questões operacionais internas como nas ofertas ao público. 

Portanto, analisar outras empresas é um meio de assegurar que o negócio sobreviva e tenha capacidade de expansão. 

Leia também: 4 dicas para otimizar a tomada de decisão do seu negócio

Como fazer a análise de concorrência?

Confira 6 passos que são muito importantes para fazer a análise da concorrência de modo satisfatório. 

1- Estabeleça objetivos

A primeira etapa é definir quais são os objetivos que pretende alcançar com a análise da concorrência. Afinal, se não souber o que deseja encontrar, o processo de apuração ficará confuso e vai apenas consumir tempo e outros recursos, mas sem fornecer reais insights que contribuam para o seu negócio.

2- Determine seus concorrentes

O próximo passo é identificar quem são os seus concorrentes, ou seja, as empresas que atendem ao mesmo perfil de clientes que a sua organização. Nesse sentido, é válido ressaltar que não significa que um empreendimento está concorrendo com o seu apenas por pertencer ao mesmo segmento.  

Na realidade, é necessário levar em conta vários fatores, entre esses, é interessante citar:

3- Defina os critérios de análise

Após o reconhecimento de quem são os seus principais concorrentes, é hora de estabelecer os critérios de verificação, aquilo que você quer saber sobre a outra empresa. Aliás, é digno de nota que não é impossível apurar tudo, por isso, a análise precisa se concentrar em pontos específicos. 

Dentre as diferentes possibilidades, estão incluídas:

  • Estilos e meios de comunicação;
  • Ranqueamento no google (SEO);
  • Presença nas redes sociais;
  • Reclamações e processos;
  • Estratégias de vendas. 

4- Escolha o método de análise

Esse é o momento de escolher como vai funcionar a análise da concorrência, por exemplo, é importante responder perguntas, como:

  • A abordagem vai ser online ou offline?
  • Que tipos de pesquisas vão ser utilizadas? Será uma abordagem cooperativa?
  • Quais vão ser as ferramentas necessárias para coleta de informações?

5- Faça o levantamento e a análise dos dados obtidos

Em seguida, depois da finalização do planejamento de análise, é necessário realizar o levantamento de dados e analisar as informações coletadas. Nessa situação, mantenha o foco nos objetivos estipulados, já que dependendo do caso, o grande número de informações pode causar distrações. 

6- Realize um estudo e apresente às áreas interessadas

Na última etapa, é o momento de relacionar os dados com as circunstâncias do seu negócio, procurando extrair ideias valiosas por meio das informações. Além disso, é fundamental apresentar o estudo a todas as áreas afetadas pelas recentes descobertas. 

Dicas de ferramentas para usar na análise de concorrência

Atualmente, as novas formas de tecnologia digital facilitam o processo de análise de concorrência, já que automatizam muitas funções. Na realidade, devido ao big data, em alguns casos, é impossível fazer a investigação de modo manual. 

Veja 3 exemplos de recursos tecnológicos úteis para a realização da avaliação dos concorrentes. 

1- Ubersuggest

O Ubersuggest é excelente para ser utilizado em estratégias de marketing de conteúdo, permitindo avaliar o uso de palavras-chave pela concorrência, proporcionando ideias para criação de textos e escolha de termos com boa probabilidade de ranqueamento.

2- Semrush

Igual ao anterior, o Semrush também possibilita a pesquisa de palavras-chave. No entanto, vai um pouco mais além, fornecendo funcionalidades que auxiliam na comparação completa do nível de SEO do concorrente. 

3- Similar Web

A ferramenta Similar Web permite ter um panorama sobre a presença digital de uma empresa, exibe a média de visitantes mensais, taxas de rejeição, quantidade de páginas acessadas e outros dados interessantes sobre tráfego.

Porém, é claro que além de ter o auxílio da tecnologia, é importante buscar a ajuda de profissionais capacitados para ajudar na elaboração da análise e, principalmente, na aplicação dos resultados à realidade da sua empresa. 

Então, que tal realizar uma consultoria de negócios com a Insper Jr? Conte com a ajuda de especialistas no mercado para traçar o melhor futuro para o seu empreendimento!

ANTERIORPRÓXIMA