WhatsApp

FALE CONOSCO
PELO WHATSAPP

FIQUE POR DENTRO

FIQUE POR DENTRO
Projeção financeira: saiba como investir com responsabilidade

PROJEÇÃO FINANCEIRA: SAIBA COMO INVESTIR COM RESPONSABILIDADE

Como a sua empresa lida com o futuro? Você faz uma projeção financeira ou deixa que tudo aconteça ao acaso? É verdade que o ramo empresarial é cheio de incertezas e variações, não dá para controlar tudo o que acontece. 

Entretanto, é possível se planejar para enfrentar os momentos de crises com sabedoria, evitando prejuízos financeiros. Além disso, o bom planejamento ajuda a aproveitar oportunidades que favoreçam o crescimento do negócio. 

A questão é que o futuro seja bom ou ruim vai chegar de qualquer modo, não há como evitar isso. Mas você pode se antecipar e identificar quais são as tendências para a sua empresa, ficando pronto para enfrentar o que vier à frente. 

Portanto, veja o que é uma projeção financeira, quais os benefícios para o seu empreendimento e o que está envolvido nesse tipo de análise. Bom proveito!

O que é projeção financeira?

A projeção financeira é uma tentativa de prever quais vão ser as entradas e saídas futuras de uma empresa durante um período específico. Para isso, é importante levar em consideração diferentes fatores. Dentre esses, é interessante destacar:

  • Histórico de receitas e despesas;
  • Período do ano (sazonalidade);
  • Capacidade de produção. 

Qual a importância de fazer a projeção financeira? 

O bom planejamento é um dos elementos essenciais para garantir a boa manutenção das atividades empresariais. Em vista disso, a projeção financeira auxilia na antecipação de acontecimentos que podem ser positivos ou negativos

Só para exemplificar, existe a possibilidade do gestor identificar modos de economizar no processo produtivo, resultando em maior lucro no final. Ou ainda, reconhecer a oportunidade de formação de parcerias que vão auxiliar na escalabilidade do negócio. 

Por outro lado, a previsão também ajuda a antecipar crises financeiras. Dessa forma, é possível preparar o empreendimento para que seja capaz de suportar o período difícil com menos danos.

Portanto, a projeção financeira é fundamental para assegurar a boa saúde da organização e, quando viável, o crescimento da empresa no mercado. 

Como a projeção financeira ajuda nos investimentos? 

Primeiramente, uma boa projeção financeira é útil para definir quais são as necessidades do negócio. Como resultado disso, o gestor consegue determinar se é o momento ideal ou não de usar verbas, por exemplo, para a elaboração de um novo produto ou serviço.

Além disso, esse modelo de previsão também é essencial para as empresas que desejam atrair investidores, já que antes de receber um aporte financeiro, a organização precisa demonstrar qual é o seu potencial de crescimento e comprovar que vale a pena o investimento em vista da expectativa de retorno financeiro.

Quais os tipos de projeção financeira? 

Existem 3 modelos principais de projeção financeira sendo definidos de acordo com o tempo verificado na análise: curto, médio ou longo prazo. 

Projeção a curto prazo

O primeiro tipo de projeção é a de curto prazo e, normalmente, é feita para um espaço de tempo de até 1 ano, sendo construída em base mensal. Por se tratar de um período curto, é uma previsão mais detalhista e com menor margem de erro.

Projeção a médio prazo

No modelo de médio prazo, o cálculo é em base mensal e realizado para o intervalo de 3 anos. Nesse caso, a ideia é mapear como vai ser a evolução da empresa durante o tempo estipulado, auxiliando na criação de um plano de negócios a fim de que o processo de desenvolvimento seja bem-sucedido.

Projeção a longo prazo

Já nas previsões de longo prazo, a base é anual e a projeção é para 5 anos à frente. Assim, o intuito é definir quais são as metas empresariais que podem ser realisticamente alcançadas durante esse período, levando o negócio a atingir o máximo de crescimento possível. 

Quais os tipos de cenário possíveis? 

Ao decidir fazer uma projeção financeira é interessante estipular qual será o cenário principal da previsão. Existem 3 tipos: otimista, pessimista e realista.

Cenário otimista

No panorama otimista, o objetivo é fazer o cálculo dando maior ênfase e atenção às circunstâncias positivas, tanto internas como externas. É um método muito utilizado para estimular a conquista de alvos. 

Cenário pessimista

No pessimista, o enfoque é nos acontecimentos negativos que afetam diretamente ou indiretamente a organização, ajudando a empresa a criar estratégias que ajudem a ficar pronta para lidar com as adversidades. 

Cenário realista

Por fim, o cenário realista é aquele em que o foco são as ocorrências com maior probabilidade de acontecerem, levando em conta os eventos da atualidade, a ideia é fornecer uma visão global do andamento do negócio.

Como fazer uma projeção financeira eficiente?

Veja 5 ações necessárias para realizar uma boa projeção financeira.

Esteja preparado para o pior cenário

É fundamental acompanhar as tendências do mercado e se preparar para épocas difíceis. Caso contrário, se a projeção for excessivamente otimista, a empresa pode passar por crises devido à falta de preparo e planejamento adequado para enfrentar os contratempos.

Mantenha o fluxo de caixa atualizado

A projeção financeira é feita com base nas entradas e saídas do empreendimento. Por isso, se as informações estiverem incorretas o cálculo das previsões será falho e não trará os benefícios desejados. 

Faça uma projeção de vendas e despesas

É válido ressaltar que a projeção sempre deve ser feita com base em dados concretos e reais. Sendo assim, use os registros passados de vendas e despesas para calcular o que se pode esperar para os próximos meses. 

Identifique o ritmo do seu ciclo financeiro

O ciclo financeiro é o período entre o início do investimento nas produções, como a aquisição de matéria-prima, até as vendas do produto

Portanto, ao fazer a projeção, é necessário saber qual é o tempo médio que a empresa demora para alcançar o retorno sobre o investimento (ROI), prestando atenção em épocas festivas e outras circunstâncias que podem alterar o prazo. 

Faça uma análise do ponto de equilíbrio 

O ponto de equilíbrio é o momento em que os custos e as receitas se igualam. Ou seja, o total da quantia gasta pela organização é exatamente o mesmo das entradas. 

Nesse sentido, quando esse indicador está com um valor muito elevado, isso é sinal de que a saúde econômica do empreendimento não vai muito bem, já que o lucro só é contabilizado após a ultrapassagem do ponto de equilíbrio.

Em conclusão, a projeção financeira é um método de previsão das despesas e receitas empresariais. Por meio dessa técnica, é possível descobrir quais são os riscos para o negócio e planejar como aproveitar as oportunidades de crescimento. 

Essa estratégia precisa ser feita levando em consideração diferentes cenários, o tempo de análise e as informações disponíveis no registro do fluxo de caixa. 

Assim, para garantir que os resultados sejam verdadeiros e contribuam para o desenvolvimento saudável da empresa, o ideal é contar com a ajuda de especialistas no assunto. 
Então, que tal realizar uma consultoria com a Insper Jr? Tenha o auxílio de profissionais experientes ao fazer sua projeção financeira!

ANTERIORPRÓXIMA