WhatsApp

FALE CONOSCO
PELO WHATSAPP

FIQUE POR DENTRO

FIQUE POR DENTRO
modelagem-financeira

MODELAGEM FINANCEIRA: ENTENDA COMO FAZER

Quais são os seus planos para a sua empresa? Nesse sentido, a modelagem financeira é uma ferramenta muito importante para entender qual o rumo que o negócio está seguindo.

Afinal, todo gestor sabe que é fundamental compreender claramente a situação atual do negócio a fim de criar metas e estratégias. Mas, além disso, também é essencial ter uma projeção consistente dos investimentos futuros. Saiba mais detalhes sobre como a modelagem proporciona isso durante a leitura do artigo.

 O que é Modelagem financeira?

A modelagem financeira engloba uma série de medidas que uma empresa adota com o objetivo de prever qual será a performance financeira da organização diante de diferentes cenários possíveis.

Em outras palavras, é uma forma de realizar um diagnóstico sobre o futuro do empreendimento, determinando se a perspectiva é boa ou negativa com base nos dados numéricos da análise e em hipóteses pré-determinadas antecipadamente.

Assim, com essas informações em mãos, a tomada de decisões importantes ocorre com mais precisão e clareza, sendo útil tanto para o analista como para o empresário. Entenda mais sobre a importância da modelagem financeira.

Por que desenvolver uma modelagem financeira?

As informações obtidas após o desenvolvimento da modelagem viabilizam conhecimento sobre a empresa. 

Visualização da empresa no mercado

Primeiramente, a modelagem financeira ajuda a entender qual é a posição da organização dentro do mercado em comparação com a concorrência. Portanto, esse relatório tem um papel fundamental na compreensão do valor da marca.

Isso é essencial porque, desse modo, o empresário consegue entender qual o verdadeiro ritmo de crescimento do seu empreendimento e estabelece expectativas orçamentárias que estejam em harmonia com a realidade.

Também, pode ser útil na busca por aportes financeiros, já que essa análise é uma excelente ferramenta para o investidor conferir se vale a pena aplicar em um negócio. Caso o panorama seja positivo, é válido destacar esse fator para demonstrar que investir na empresa trará um bom retorno.

Clareza na tomada de decisão

Uma vez que a análise das finanças permite a visão mais plena sobre a empresa, isso auxilia na elaboração de estratégias que tenham por alvo proporcionar que a organização atinja o melhor desempenho possível, otimizando os resultados.

Afinal, é preciso que o gestor compreenda qual é a situação atual do negócio antes de fazer os planejamentos, visto que se as circunstâncias não forem favoráveis, é indispensável pensar em soluções para reverter o quadro e/ou minimizar os efeitos adversos.

Por outro lado, quando a projeção é animadora e há ótimas oportunidades de crescimento, o empreendedor não perde a chance de expandir o seu empreendimento e obter mais lucro.

Em vista disso, pode-se dizer que a modelagem financeira orienta os passos da gestão, propiciando que as decisões sejam tomadas de modo mais claro e objetivo, reconhecendo as vantagens e os perigos de cada movimento.

Só para exemplificar, dentre outros eventos, o relatório da análise ajuda a decidir sobre:

  • Desenvolvimento de novos produtos;
  • Abertura de novas filiais.

Como fazer a modelagem financeira?

Confira 5 dicas para a elaboração da modelagem financeira. 

Estabelecer metas

O primeiro passo para fazer uma modelagem financeira é definir quais são as metas, determinando o que será avaliado e a justificativa para isso.

É importante ter em mente, que esse tipo de análise possui um foco específico, então, antes de averiguar as finanças da empresa é fundamental saber sob qual ângulo os dados serão examinados. 

Além disso, o gestor deve identificar quais são as informações relevantes para a investigação. É verdade que uma organização possui inúmeros dados diferentes, mas dependendo do objetivo, nem todos são necessários para a construção do relatório.

Também, a modelagem traça as projeções diante da probabilidade de futuros cenários. Portanto, sem metas claras fica difícil saber em cima de quais hipóteses trabalhar. 

Conhecer o mercado de ações

Durante a construção da modelagem financeira, será necessário usar a linguagem e  termos técnicos do mercado de ações. Por isso, é preciso aumentar o conhecimento sobre esse assunto e conhecer o significado das expressões da área.

Afinal, um dos motivos da análise é a possibilidade de conquistar investidores para o negócio. Para isso, o relatório deverá estar dentro dos padrões a fim de ser uma ferramenta útil na hora de apresentar a sua empresa. 

Dependendo das circunstâncias, talvez, o ideal seja contar com o auxílio de uma consultoria de especialistas no assunto para garantir a boa compreensão do linguajar técnico e assegurar o ritmo apropriado de andamento da análise.

Dica: https://insperjr.com.br/consultoria-de-processos/

Encontrar o software mais adequado

A tecnologia facilita a execução dos processos empresariais e diminui os riscos de erros devido a falhas humanas. Sendo assim, é útil escolher um software a fim de auxiliar na elaboração da análise financeira.

Nesse sentido, existem diversos formatos disponíveis, desde planilhas, disponíveis no Excel ou aplicações do Google, até programas específicos para fazer a modelagem, que oferecem mais recursos. 

No entanto, não existe um certo ou errado, a empresa deve escolher a ferramenta digital que melhor se adapte ao seu perfil de trabalho.

Tentativa e erro

A modelagem trabalha com variadas projeções para o negócio. Em vista disso, todos os cenários devem ser testados e aplicados, para que o projeto seja iniciado.

Ou seja, a construção ocorre diante de várias tentativas e erros a fim de que o desfecho seja preciso.

Atualizar os resultados

Por último, vale ressaltar que é essencial não manter a modelagem estática, mas a análise deve sofrer as modificações necessárias dependendo das alterações nos resultados.

Caso contrário, a ferramenta não alcançará os objetivos necessários e vai perder o seu verdadeiro potencial de ajuda para a verificação do negócio. 

Em conclusão, a modelagem financeira é uma forma de prever a situação futura da empresa diante do levantamento de diferentes cenários. Entre as vantagens, é possível destacar uma visão mais clara do valor do empreendimento no mercado e a tomada de decisões mais assertivas. 

Nesse sentido, para ajudar sua organização na elaboração dessa análise, a Insper Jr conta com profissionais extremamente capacitados com expertise na orientação de gestão.

Então, que tal fazer uma modelagem financeira e colher os benefícios disso? Entre em contato com os especialistas da Insper Jr!

ANTERIORPRÓXIMA