WhatsApp

FALE CONOSCO
PELO WHATSAPP

FIQUE POR DENTRO

FIQUE POR DENTRO
Pessoa vendo o custo de manutenção

CUSTO DE MANUTENÇÃO: O QUE É E COMO REDUZIR EM SUA INDÚSTRIA

Tenho certeza que você, gestor de indústria, já se perguntou como poderia diminuir custo de manutenção. Afinal, é uma maneira de otimizar a gestão do negócio.

A busca por metodologias de redução de custos e aproveitamento de recursos aumentou, principalmente, após o surgimento da pandemia. Sendo assim, entre as mais diversas áreas que podem ser otimizadas, a redução do custo de manutenção é uma das mais relevantes. 

O resultado da ausência de um controle da qualidade e efetividade da manutenção é um processo com baixa produtividade e uma gestão financeira defasada.

Infelizmente, esse cenário está presente em muitas micro e pequenas indústrias brasileiras, colocando-as em desvantagem competitiva frente às empresas que sabem como reduzir seus custos e potencializar os lucros. 

Dessa forma, um grande aliado dos gestores deve ser a garantia de um serviço de manutenção efetivo. Portanto, nesse artigo você vai entender mais sobre:

  • O que é custo de manutenção?
  • Qual a importância de um serviço de manutenção de qualidade?
  • 7 passos para reduzir os custos de manutenção

Então, vamos lá?

O que é custo de manutenção?

Custos de manutenção são aqueles que englobam mão de obra, ferramentas, peças de reposição, depreciação de equipamentos e entre outros. De maneira geral, são os impactos financeiros causados por falhas de manutenção.


Apesar da extrema importância, muitas organizações acabam eliminando os serviços de manutenção por não entenderem os riscos gerados. Isso porque, acreditam que a manutenção é um investimento a ser cortado, especialmente, em momentos de redução financeira.

Qual a importância de um serviço de manutenção de qualidade?

Para que possamos abordar como diminuir os custos de manutenção, é necessário que você entenda a importância de um serviço de manutenção de qualidade para o bom funcionamento do processo industrial. 

Também é válido ressaltar que a ausência desse serviço pode causar graves riscos em sua indústria. A utilização de maquinários e equipamentos é vital para o processo industrial, portanto, o mau funcionamento dos mesmos afeta diretamente o produto final.

Logo, a manutenção é essencial para certificar que esses equipamentos funcionem da melhor maneira possível, evitando assim o desperdício de tempo e matéria-prima da indústria. Dentre os principais benefícios desse serviço é possível citar: 

  • Maior produtividade: Máquinas e equipamentos sem manutenção podem desregular ou quebrar com maior facilidade, e quando ocorre, o processo produtivo deve ser interrompido, assim aumentando o tempo de produção e afetando a qualidade final do produto.
  • Redução de acidentes: garantir o bom funcionamento implica na redução  do número de acidentes ou de eventos negativos na indústria.
  • Melhor aproveitamento de recursos: O planejamento da quantidade de matéria-prima e recursos a serem utilizados depende do percentual de aproveitamento do maquinário. Logo, uma diminuição da eficiência pode resultar no desperdício de recursos
Pessoas reduzindo no custo de manutenção
Photo by Karolina Grabowska from Pexels

7 passos para reduzir os custos de manutenção

Você já deve ter entendido o significado desses custos, e, agora, deseja saber como reduzi-los, na prática. Sendo assim, separamos alguns passos para que você possa aplicar na sua indústria.

Tenha bons fornecedores

O primeiro passo é garantir que as máquinas, peças e equipamentos comprados sejam de boa qualidade. Isso em razão de que a qualidade está diretamente relacionada a quantidade de defeitos que esses produtos irão apresentar ao longo do tempo.

Desta forma, é essencial pesquisar o histórico de um fornecedor e conhecer o serviço de suporte do mesmo. Desta forma,  no momento necessário, você poderá contar com uma equipe qualificada.

Treine sua equipe

É preciso entender que mesmo com equipamentos de alta independência, o manuseio incorreto pelo responsável poderá acarretar danos ao longo do tempo. 

Sendo assim, a falta de conhecimento técnico pode afetar na durabilidade dos equipamentos e no bom funcionamento dos mesmos, e não menos importante, poder causar acidentes de trabalho.

Realize um mapeamento da manutenção

A partir de equipamentos adequados e funcionários bem qualificados, você poderá eleger um colaborador para analisar todas as máquinas e equipamentos que são utilizados na produção. 

Com base nessa análise será possível identificar quais deles estão mais sujeitos a apresentar falhas e quais os principais tipos de defeitos que podem acontecer. 

Logo, para que essa atividade seja bem sucedida, eleja alguém capacitado e responsável. Afinal, uma análise mal executada pode prejudicar todo o planejamento.

Planeje a manutenção da indústria

Com base nos dados do passo anterior, é necessário elaborar um cronograma de manutenção. É importante que esse planejamento considere o horário de pico da produção, a disponibilidade dos colaboradores e as especificidades de cada maquinário.

Com esse planejamento em mãos, a indústria reduz custos inesperados e diminui potenciais acidentes na produção.

Tenha um processo otimizado

Para evitar gastos desnecessários, é preciso que o processo industrial seja bem otimizado, ou seja, que todas as atividades diárias sejam realmente necessárias. Dessa maneira, processos redundantes e desnecessários devem ser retirados, focando apenas no que realmente é essencial para finalizar o produto.

Uma boa alternativa é possuir um mapeamento de processos, onde todas as atividades estejam documentadas e acessíveis para consulta dos colaboradores. Este mapeamento, além de reduzir os custos, garante que todos os produtos tenham a mesma qualidade.

Possua um plano de contingência

Por fim, por mais otimizado que seja o seu processo industrial, toda organização sempre irá lidar com imprevistos. Por isso, é essencial que todas as indústrias possuam um plano de contingência com orientações e normas a serem seguidas em casos extremos, como:

  • Incêndios;
  • Acidentes de trabalho;
  • Panes elétricas;

Ao ter essas instruções claras, os técnicos irão conseguir tomar decisões mais assertivas e contornar as situações adversas.

E para finalizar

Chegamos ao fim do artigo. Espero que esteja convencido da importância de ter e reduzir os custos de manutenção e apostar num processo otimizado, que gere menos gastos desnecessários e seja efetivo.

Sendo assim, os gestores das organizações devem investir em possuir uma equipe bem capacitada e equipamentos de qualidade, além disso, é necessário agir com base nos dados e experiências anteriores para evitar riscos ao produto final, ou até mesmo, acidentes de trabalho. 

Por fim, podemos concluir que possuir um planejamento de manutenção é uma ótima metodologia para evitar imprevistos e garantir a qualidade dos produtos. Portanto, o próximo passo é colocar em prática as dicas desse artigo. 

ANTERIORPRÓXIMA